Mate suas dúvidas

Perguntas Frequentes

  • O que é um lançamento imobiliário?

    É a abertura de vendas de um empreendimento imobiliário após o seu Registro de Incorporação. Normalmente, o início das vendas é acompanhado de eventos, ações promocionais e campanha publicitária com ampla divulgação em média impressa e eletrônica (rádio, TV, mídias digitais).

  • Qual a vantagem de se comprar um imóvel no seu lançamento?

    Quando você compra um imóvel no lançamento, pode-se escolher a unidade mais adequada à sua preferência, além de encontrar nesta fase de vendas as melhores condições de preço e formas de pagamento.

  • O que é um imóvel na planta?

    É o imóvel comercializado durante a fase de lançamento, ou seja, antes do início de sua construção

  • O que significa comprar um imóvel na planta?

    Significa comprar um imóvel quando ele está sendo lançado. Ou seja, o imóvel não se encontra pronto. Ele será construído e, após um prazo que usualmente varia de 18 a 36 meses, dependendo do tipo de imóvel, será entregue pela incorporadora ao proprietário. Por isso que se diz que o imóvel comprado na planta é um bem de entrega futura.

  • Que cuidados deve-se tomar para comprar um imóvel na planta?

    Verifique se o imóvel escolhido realmente atende às suas necessidades no que diz respeito a tamanho, localização, infraestrutura geral e de lazer. Planeje seu futuro e analise se o valor e a forma de pagamento deste imóvel se encaixam na sua capacidade de pagamento. Verifique se o projeto do empreendimento encontra-se aprovado e se o seu Memorial de Incorporação está registrado. Compre apenas de incorporadoras e construtoras que apresentem histórico de bons serviços prestados e que tenham solidez, tradição e credibilidade.

  • O que é Incorporação Imobiliária?

    É o ato de empreender um projeto imobiliário. É o meio pelo qual alguém (pessoa física ou jurídica) se compromete a construir um edifício - ou conjunto deles -, com diversas unidades autônomas, sendo-lhe permitido comercializar as unidades que o comporão, antes ou durante a fase de construção do empreendimento. Para que a Incorporação Imobiliária produza efeitos e permita a venda das unidades imobiliárias autônomas, é necessário o seu registro no Ofício de Registro de Imóveis competente, que inclusive dá segurança jurídica ao adquirente quanto à condição técnica e idoneidade do incorporador, à legalidade do projeto, às características e metragens do imóvel, bem como às regras de convivência em condomínio. É o processo que permite a comercialização legal de um empreendimento que ainda se encontra na planta.

  • Como saber se a incorporadora é confiável?

    Obtenha informações sobre a tradição desta incorporadora, verificando há quanto tempo ela trabalha no mercado e projetos realizados.

  • O que encontro em um estande de vendas?

    O estande de vendas é usualmente construído no local onde será erguido o empreendimento imobiliário. Nele, encontram-se expostos a maquete do projeto, plantas e imagens dos apartamentos e das áreas comuns, bem como, na maioria das vezes, o apartamento modelo decorado, reproduzido um ambiente daquele futuro imóvel. No estande, encontram-se também os corretores de imóveis, treinados para apresentar o empreendimento e sua tabela de vendas, que por sua vez inclui a disponibilidade de unidades, seus respectivos preços e formas de pagamento.

  • Para que serve o apartamento modelo decorado?

    O apartamento modelo decorado, geralmente construído nos estandes de vendas, tem como finalidade mostrar as características da planta do apartamento, apresentando também uma sugestão de decoração.

  • O que é a corretagem imobiliária?

    Corretagem imobiliária é uma comissão paga ao corretor de imóveis pelos serviços de intermediação imobiliária.

  • Como financiar um apartamento?

    O comprador deve procurar o seu financiamento na instituição financeira de sua preferência. A construtora se compromete em fornecer todas as informações necessárias ao banco escolhido.

  • Comprar um imóvel pensando na sua aposentadoria é uma boa estratégia?

    Sim. Além de utilizar o imóvel como uma fonte de renda futura, através dos aluguéis, no longo prazo, a sua valorização vem superando a inflação. Investir em imóveis continua sendo um bom negócio.

  • É possível utilizar o FGTS na compra de um imóvel?

    Sim, é possível utilizar o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) para pagamento integral ou parcial de imóveis prontos. Para sua utilização, é necessário atender a pré-requisitos dispostos na regulamentação do FGTS, que é uma responsabilidade do governo federal.

  • Quais despesas e obrigações terei ao adquirir um imóvel?

    Quando da assinatura da escritura pública de venda e compra, o adquirente do imóvel responderá pelo pagamento do Imposto de Transmissão de Bem Imóvel (ITBI), despesas cartorárias para a lavratura da escritura e o registro desta perante o cartório imobiliário. A alíquota e a forma de cálculo do imposto variam de acordo com cada município. Da mesma forma, as custas cartorárias, com o tabelião de notas e o Registro de Imóveis, variam de um Estado para outro e devem ser consultadas no cartório competente. Após o recebimento da escritura, o adquirente deverá efetuar, na prefeitura local, a alteração do contribuinte do imóvel para constar que passou a ser o proprietário do imóvel, de modo que a cobrança do IPTU seja encaminhada diretamente aos seus cuidados, uma vez que o proprietário é o único responsável pelo referido recolhimento.

  • O que é a Assembleia Geral de Instalação de Condomínio?

    É a primeira reunião dos condôminos, juntamente com a empresa que administrará o condomínio, e também com a presença da incorporadora. É nessa reunião que, usualmente, elegem-se o síndico, o subsíndico e os conselheiros do condomínio.

  • O que faz uma Administradora Condominial?

    Uma Administradora Condominial é uma empresa de prestação de serviços voltada para a administração de imóveis em condomínio. Destaca-se o assessoramento ao síndico do condomínio em todos os aspectos legais e administrativos, tais como, cobranças de despesas condominiais, pagamentos de despesas do condomínio, administração de pessoal e outros serviços que agreguem valor ao condomínio.

  • Quem pode ser o síndico?

    O síndico pode ser qualquer pessoa, física ou jurídica, condômino ou não, eleito pelos condôminos para defender os interesses dos mesmos e, no caso de terceiro, contratado pelo condomínio para tal finalidade. Em empreendimentos construídos em fases, o compromisso de compra e venda pode prever um prazo no qual o síndico do condomínio será a própria incorporadora, o que é feito com o objetivo de proporcionar as condições necessárias para a continuidade das obras.

  • O que é contribuição para as despesas de condomínio?

    É a despesa que deve ser custeada por cada condômino, a partir da instalação do condomínio, calculada através do rateio da previsão mensal de gastos comuns no condomínio. Esse valor é composto de despesas ordinárias (gastos mensais rotineiros) e extraordinárias, quando devidamente aprovadas em assembleia ou por determinação da administração do condomínio, quando for o caso.

  • É possível ter uma previsão do valor desta contribuição para as despesas condominiais do empreendimento?

    Sim. Nos lançamentos de empreendimentos imobiliários, usualmente, a incorporadora, com o auxílio de uma empresa administradora de condomínios, faz uma estimativa do custo por apartamento. É recomendável informar-se para verificar se o custo do condomínio do imóvel desejado é compatível com seu orçamento. É importante considerar que o valor estimado da taxa condominial pode variar até a instalação do condomínio, tendo em vista alterações de preços de serviços e produtos.

  • Quando a Assembleia de Instalação de Condomínio é realizada, e desde quando é devida a contribuição para as despesas condominiais e demais despesas?

    Antes da conclusão da obra, a construtora dará início à Instalação do Condomínio com a eleição dos seus representantes legais, através de uma assembleia. Após a emissão do Habite-se pela prefeitura, será devido a taxa condominial estipulada e demais taxas relativas ao funcionamento do condomínio.

  • Se eu comprar um imóvel na planta, posso revendê-lo antes de sua entrega?

    Sim, e a revenda é feita por meio da cessão de direitos. Isso porque, tratando-se de imóvel na planta, o adquirente só receberá a escritura do imóvel após a averbação da conclusão da obra, com a consequente abertura de matrícula do imóvel. E, na medida em que ainda não se tornou legítimo proprietário do imóvel, somente poderá transmitir os direitos de recebimento daquela unidade autônoma mediante a promessa de venda e compra do referido imóvel. Se essa revenda ocorrer antes do pagamento integral do preço do imóvel, a incorporadora deve comparecer neste instrumento para anuência e aprovação do “novo adquirente”, bem como deverá ser observado o que dispõe o contrato originalmente assinado a respeito dessa revenda ou cessão de direitos e eventuais taxas ou demais despesas incidentes.

  • Pode-se adquirir um imóvel através de pessoa jurídica?

    Sim, independentemente de ter sua sede no Brasil ou no exterior, basta que esteja regularmente representada segundo seu contrato ou estatuto social. Porém, em se tratando de pessoa jurídica com sede no exterior, é necessário que se obtenha o CNPJ para efetuar a aquisição de bens imóveis no Brasil, bem como para fins de tributação pela Receita Federal.

  • O que é Habite-se?

    O Habite-se é o certificado de conclusão da obra edificada em conformidade com os projetos aprovados. O Habite-se é expedido pelo poder público municipal e autoriza a incorporadora a proceder a entrega do empreendimento e das unidades autônomas aos adquirentes.

  • O que é área privativa?

    É a área de um imóvel, medida em metros quadrados, de uso exclusivo de seu proprietário, ou seja, a área interna dos apartamentos delimitada pela superfície externa das paredes.

  • O que é área comum?

    É a área que pode ser utilizada por todos os moradores de um condomínio como, por exemplo, o salão de festas, o lobby de entrada, a piscina, o playground, entre outros.

  • O que é área total?

    A área total de uma unidade autônoma é a somatória da área privativa (área interna da unidade e de uso exclusivo do adquirente) e quota parte da área comum (área externa à unidade e de uso comum dos demais condôminos) que cabe a essa unidade.

  • As áreas comuns são entregues equipadas e decoradas? Qual a vantagem disso?

    Existem empreendimentos que são entregues com suas áreas comuns já decoradas e equipadas. Esse procedimento é vantajoso, pois evita que logo nos primeiros meses após a instalação do condomínio os moradores tenham que arcar com despesas adicionais para realizar esses serviços. Vale verificar, na hora da compra, se a decoração será cobrada à parte do preço do imóvel. Existem situações em que isso é realizado e outras, em que não.

  • O que é Memorial de Acabamento?

    Memorial de Acabamento é a relação dos materiais de acabamento que serão utilizados na construção do imóvel. Esse memorial deve ser apresentado e rubricado pelo comprador no ato da compra do imóvel.

  • Qual é o procedimento para o recebimento do imóvel?

    Após a conclusão da obra, que se caracteriza pela emissão do certificado de conclusão da obra (Habite-se), feita pela prefeitura local, o cliente deve ser convocado pela incorporadora para efetuar a vistoria do imóvel. Estando esse imóvel devidamente em ordem, poderá ser imitido na posse observando-se todas as disposições constantes do contrato celebrado. Usualmente, quando ainda há saldo devedor do preço a ser pago pelo cliente, este será imitido na posse do imóvel a partir da assinatura da escritura definitiva de venda e compra com pacto de Alienação Fiduciária ou outra garantia semelhante ou, em outro caso, quando da contratação de financiamento bancário objetivando o pagamento do referido saldo devedor. Na maioria dos casos, a assinatura desses instrumentos somente acontecerá após a averbação da construção e registro da especificação de condomínio junto ao competente Registro de Imóveis, com a abertura de matrícula para cada unidade autônoma. Na hipótese de o preço da unidade autônoma estar devidamente quitado, o cliente poderá ser imitido na posse de seu imóvel, tão logo efetivada a vistoria de sua unidade autônoma.

  • O que é vistoria de um imóvel?

    A vistoria do imóvel é o ato pelo qual o comprador, após convocação da incorporadora, comparece no imóvel, acompanhado de um profissional habilitado indicado pela incorporadora. O objetivo é verificar se o imóvel foi construído em conformidade com o memorial descritivo e se o mesmo encontra-se em condições de uso, devendo nesse caso firmar boletim de vistoria do imóvel, demonstrando a sua concordância com a edificação, requisito para a sua imissão na posse do mesmo.

  • Após o recebimento do imóvel, posso reformá-lo?

    Após o recebimento do imóvel, esse pode ser reformado desde que: (I) a alteração seja compatível com especificações construtivas e projetos do empreendimento, (II) tenha viabilidade técnica e não gere quaisquer riscos à solidez e segurança do empreendimento, (III) não acarrete quaisquer danos aos demais condôminos ou áreas comuns, observados os termos da Convenção e Regimento Interno do Condomínio, (IV) a referida reforma seja aprovada, quando for o caso, em assembleia geral de condôminos convocada para tal fim e (V) sejam observadas as normas e legislações municipais e obtidas as aprovações necessárias em todos os órgãos responsáveis.

  • O que é garantia técnica e onde encontro os seus prazos?

    Garantia técnica é o período em que a construtora e/ou incorporadora responde pela adequação do produto quanto ao seu desempenho dentro do uso que normalmente dele se espera e em relação a vícios que tenham sido eventualmente constatados nesse intervalo de tempo. Os seus prazos são entregues pela construtora e/ou incorporadora no ato da venda, através do Manual de Garantias do Proprietário e também no Manual do Proprietário, específico da sua unidade, adquirido no ato de entrega das chaves.

  • Não obteve resposta para sua dúvida?

    Envie sua pergunta para [email protected]